Landing page, Marketing digital

O guia completo para fazer uma landing page que realmente vende

Landing Page ou LP, para os íntimos, consiste em uma página, ou melhor, um site que possui elementos voltados para transformar possíveis clientes em clientes. Essa ferramenta tem sido a estrela da maioria das campanhas de Marketing Digital, justamente pelo poder que exerce na conversão de leads. 

Se você ainda não se convenceu da importância das LPs, imagine o seguinte cenário: você está navegando no Instagram e se depara com o anúncio de um tênis que está procurando há um tempo. O anúncio é fantástico em termos de design, música e imagens do tênis em questão. 

Todos esses elementos fazem você se interessar ainda mais pelo sapato, de forma que você decide clicar no anúncio para comprá-lo. Para a sua surpresa, o site para o qual você é redirecionado não tem nada a ver com o anúncio. Parece ter saído da época da internet discada, as imagens estão com baixa qualidade e as informações estão tão confusas que você sequer encontra o valor do tênis.  

Aí eu te pergunto, você teria coragem de colocar os seus dados pessoais e de pagamento nesta página para comprar esse tênis? Acredito que nem você, nem qualquer outra pessoa teria coragem de comprar. 

Pois bem, esse exemplo deixa claro o poder que uma Landing Page tem: ser a ponte entre o anúncio que o lead vê, de forma paga ou orgânica, e a compra de um produto ou serviço. 

Como você pode ver, de nada adianta um anúncio bem feito se a sua landing page não condiz com ele. E mais, de nada adianta um anúncio e uma comunicação com o lead perfeita se a sua landing page não tem elementos que vão fazer o seu potencial cliente tomar uma decisão. 

Para exemplificar de forma mais clara, nos parágrafos acima falamos de um produto: o tênis, mas o mais comum são LPs que vendem um serviço. Dentistas que fazem uma LP para oferecer implantes, escritórios de contabilidade que fazem uma LP para vender sua assessoria, e por aí vai.

Independente do seu ramo, o ponto é: você precisa fazer uma Landing Page que converte e esse post vai te ajudar com isso. Confira os tópicos abaixo. 

  • As vantagens de ter uma landing page
  • A estrutura de uma landing page 
  • Elementos de uma landing page que converte 
  • Ferramentas para fazer boas LP’s
  • Quer converter mais?

As vantagens de ter uma landing page

Quando se trata das vantagens de ter uma Landing Page, os dados falam por si só. Afinal, ela pode produzir até mais 47% de vendas do que um site normal e 45% dos usuários que utilizam landing pages são mais propensos a adquirirem um produto ou serviço. 

Só isso já seria suficiente para você se render a esse elemento do marketing digital, mas as vantagens vão além. Com uma Landing Page, os objetivos de conversão do seu funil de vendas ficam mais claros e as metas mais fáceis de serem batidas. Isso porque o caminho do lead já está pré determinado de forma que o objetivo final (na maioria das vezes) é fazê-lo comprar ou contratar algo na LP. 

O poder de uma Landing Page se mostra ainda mais evidente se utilizada em campanhas de mídia paga. Sobre isso, o portal Resultados Digitais divulgou que uma landing page otimizada pode reduzir em até 80% o custo por lead de uma campanha no Facebook, se comparado a uma campanha que utilizou uma página genérica ou uma página inicial de um site. 

A estrutura de uma landing page 

Como você já deve ter uma ideia, não basta ter uma LP para aumentar a sua conversão. Você precisa de uma com uma boa estrutura e com os elementos certos. Por isso, confira abaixo o que toda LP deve ter: 

  • Título

Segundo o portal CopyBlogger, 8 em cada 10 pessoas só leem o título de uma página. Por isso, você precisa resumir nele, de forma clara e persuasiva, tudo o que o seu produto ou serviço oferece e porque o lead deve comprar de você e não da concorrência. Ao final do título, sempre vale deixar uma chamada para que o seu lead fique curioso e queira ler o resto da página. 

  • Texto

Coloque a praticidade em primeiro lugar. Ninguém quer ler textos intermináveis falando sobre o quanto o seu produto é bom. Então, não utilize parágrafos muito grandes, 4 a 5 linhas é o máximo para um texto corrido. Aqui vale apostar também em tópicos e listas que descrevam os benefícios de forma clara e direta. 

  • Organização dos elementos

Tome cuidado para não encher a sua página de informações. Em uma LP você precisa pensar até nos espaços entre um elemento em outro para que o lead possa ‘descansar a visão’ e tenha a sensação de que tudo está bem organizado. 

  • Coleta de dados

Dentro de uma LP, o formulário é responsável pela coleta de dados do seu lead. Nesse momento, solicite o que é estritamente necessário para que o lead consiga ir para a próxima etapa do seu funil. Lembre-se de que quanto mais dados você solicitar, mais preguiça ou desconfiança o usuário vai ter. Em geral, nessa etapa, os dados recomendados para solicitação são: nome, email e telefone.

  • Central de atendimento 

Nem todo mundo se dá bem com a internet. Então deixe na sua LP uma abertura para que as pessoas possam ir além e optar por outros meios de informação. Nesse contexto, seu telefone e as formas de contato em sua landing page devem estar bem destacadas, de preferência no topo da página e com uma chamada para ação em destaque, por exemplo: Ligue agora e fale com um especialista

Essa dica vale ouro, principalmente se você vende os serviços, pois nesse meio os clientes tendem a preferir o contato direto com o ‘representante’ do serviço, seja ele por telefone ou WhatsApp.

  • Imagens

Já dizia o ditado: uma imagem vale mais que mil palavras, e no mundo das Landing Pages não é diferente. Então, utilize imagens de boa qualidade e que remetam diretamente à qualidade do seu produto ou serviço. São essas imagens que vão atrair seu cliente de forma ainda mais efetiva e fazer com que ele queira saber mais sobre os seus benefícios. 

  • Depoimentos

À medida em que seus clientes ficarem satisfeitos com a sua empresa, solicite a eles depoimentos em texto ou em vídeo para validar que o seu produto ou serviço é de fato confiável e bom. Como costumamos dizer, as pessoas tendem a confiar mais em outras pessoas do que em empresas e só isso pode ser suficiente para aumentar e muito as suas conversões. 

  • Uma única página

Evite que os elementos da sua LP abram em outras abas, isso pode desfocar o seu lead do objetivo central que é a conversão. Nesse sentido, a partir do momento que você tem somente uma página, ele é forçado a pelo menos passar o olho por todo o caminho de argumentos e vantagens até entrar em contato com sua empresa.

Caso você queira facilitar a navegação do seu lead, vale inserir um menu que leve para seções específicas da landing page.

  • Responsividade

Com a infinidade de aparelhos com acesso à internet, você deve considerar adaptar sua LP para todos os formatos de forma que ele tenha a melhor experiência possível, isso se chama responsividade. 

Se a leitura for dificultada ou as imagens não puderem ser visualizadas pelo celular, certamente seu lead vai considerar sair da sua página e desistir de comprar seu produto. 

Elementos de uma landing page que converte 

Agora que você já sabe o essencial que uma LP precisa ter, confira os elementos que você deve trabalhar de forma específica para aumentar ainda mais suas conversões. 

Nesse sentido, a primeira coisa que você deve fazer é tornar sua LP o mais dinâmica possível. Explique o óbvio e utilize elementos gráficos, como setas, para direcionar o olhar do visitante para o formulário, que é onde ele realmente será convertido. 

Ainda nesse contexto, vale estudar até a cor do botão do formulário. O neuromarketing explica que as cores transmitem sensações diferentes que podem nos levar a tomar (ou não) uma decisão. 

Além disso, como já falamos antes, as provas sociais de que o seu negócio funciona, são essenciais para provar o seu valor. Nesse sentido, você pode mostrar dados de compartilhamento das suas redes sociais, depoimentos de clientes ou até de especialistas da área recomendando o seu produto ou serviço.  

Uma LP matadora também deve demonstrar um certo senso de urgência, sem apelar para o sensacionalismo. O objetivo central é fazer com que o lead tome uma decisão o quanto antes e para isso você pode utilizar de artifícios como: destacar quanto tempo falta para uma oferta expirar ou mostrar quantas unidades do produto você tem disponíveis no momento.

Vale também dar exemplos e analogias que sejam próximos à realidade do seu potencial cliente. Voltando ao exemplo do início do post, se você estiver vendendo um tênis, mostre looks possíveis de usar com ele, demonstre as maneiras de lavá-lo, entre outros aspectos. 

Ferramentas para fazer boas LP’s

Para colocar todas as dicas acima em prática, aposte em boas ferramentas para a elaboração da sua LP. Aqui vão algumas dicas de ferramentas. 

KlickPages

Apesar da limitação de funcionalidades, essa certamente deve ser a ferramenta mais fácil de utilizar da lista. Aqui você pode pegar modelos prontos e editar apenas as imagens e textos para criar uma LP completa. Entre as principais funcionalidades da ferramenta estão: Contador regressivo;  Formulário de pesquisa; Redirecionamento agendado; Teste A/B; Tags e Termômetro de engajamento. 

 Unbounce

Essa ferramenta possui algumas funcionalidades a mais do que a anterior e planos de contratação mais complexos e onerosos. Ela funciona basicamente por meio de um sistema ‘drag and drop’, em que o usuário define e reorganize as sessões da página clicando e arrastando. 

 Click Funnels

Essa também é uma ferramenta muito utilizada no meio e o plano básico é comparado ao preço do Unbounce, ainda que esta ferramenta não conceda muitas integrações e possibilidades de gestão de tráfego da LP. 

Great Pages

O custo-benefício dessa plataforma é um tanto quanto competitivo e, segundo sua própria página cita, essa ferramenta consiste no “criador de páginas mais poderoso do mercado”. Duas grandes vantagens também citadas na página de contratação da plataforma são a possibilidade de fazer um teste gratuito de 7 dias e o fato das LPs feitas por ela carregarem de forma mais rápida. 

RD Station

Essa é uma ferramenta extremamente completa quando se trata não só de criação de LPs, mas de todo o processo de conversão de um lead por meio do marketing digital. Ela permite automação de marketing, criação de funis de e-mail marketing, gerenciamento de redes sociais e, claro, criação de Landing Pages. 

 Quer converter mais? 

Apesar da Landing Page consistir em uma parte grande do processo de conversão de um lead em um cliente, você precisa otimizar todo o seu processo de marketing digital. 

Desde o conteúdo orgânico até o tráfego pago, existe uma infinidade de possibilidades para você atrair potenciais clientes de forma efetiva e até para fidelizá-los a médio e longo prazo.

Para isso, considere se aprofundar por meio de mais conteúdos e cursos na área, de forma que você consiga mapear seus pontos fracos e fortes para alcançar resultados cada vez melhores. 

Nesse sentido, também vale terceirizar esse serviço para uma agência de marketing competente. 

Por isso, vale destacar que a Agência UK conta com anos de experiência no mercado e tem como missão desenvolver o marketing digital das empresas com foco em resultados, por meio das mídias digitais e consultoria.

Com a nossa expertise aplicada às suas campanhas de Google e Facebook Ads, entre outros serviços, você pode focar no que realmente faz o seu negócio crescer, enquanto seus anúncios rodam.

Para inaugurar essa nova fase do seu negócio, entre em contato com a gente por meio de um dos telefones abaixo: 

DF – (61) 3542-6851

SP – (11) 4200-3019

RJ – (21) 4042-2518

WhatsApp: (61) 99555-2853