Instagram ads

5 dicas para crescer no Instagram de forma orgânica

A rede social Instagram foi lançada em outubro de 2010 com a proposta de promover o compartilhamento de fotos que podem ser editadas diretamente no app. 

Em 2012, a rede foi vendida para o Facebook por 1 bilhão de dólares e, de lá pra cá, acumulou dezenas de novas funções que permitem o crescimento constante de marcas pessoais e comerciais. 

Só para se ter uma ideia das inovações que aconteceram ao longo dos 10 anos da rede, ainda em 2012, a aba “explorar” foi inaugurada no aplicativo e, no ano seguinte, a plataforma passou a permitir que vídeos de até 15 segundos pudessem ser incorporados ao feed dos usuários. 

Já em 2016,  após tentativas frustradas de comprar o SnapChat, o Facebook anunciou a criação dos stories, vídeos curtos de até 15 segundos e que somem depois de 24 horas.

Também em 2016, surgiram as lives, em 2017 foi lançada a opção de criação de álbuns, os famosos carrosséis; em 2018 foi lançado o  IGTV; 2019 foi feita a remoção dos likes visíveis nas publicações e, no ano passado, em conformidade com a tendência do TikTok, surgiram os Reels. 

Atualmente, segundo a própria plataforma, além de 10 anos de evolução, o Instagram coleciona mais de 1 bilhão de usuários ao redor do mundo.

Como você pode ver, as formas de produzir conteúdo na plataforma se diversificaram ao longo do tempo e, com isso, as formas de crescer nessa rede foram potencializadas. Para saber especificamente o passo a passo para aproveitar esse oportunidade, confira nos tópicos abaixo 5 dicas para crescer no Instagram de forma orgânica.

  • #01: Configuração do perfil 
  • #02: Organize sua vitrine
  • #03: Aposte na produção de conteúdo
  • #04: Avalie suas métricas 
  • #05: Estude todas as possibilidades

#01: Configuração do perfil 

A primeira dica para quem busca ter um perfil de destaque no Instagram é transformá-lo em uma conta comercial. 

Essa mudança permite que você tenha acesso a dados como alcance, impressões, atividades dos seguidores, visualização de vídeos, cliques, respostas a stories e até dados pessoais como gênero, idade, país e localidade de seus seguidores.

Com o acesso a essas métricas, você pode conhecer melhor o seu público e produzir um conteúdo mais voltado para as necessidades dele. 

Outras funções acessíveis com essa categoria de conta são a promoção de publicações e as vendas dentro do próprio aplicativo. 

#02: Organize sua vitrine

Depois de ter um perfil configurado para a categoria comercial, aposte nos primeiros elementos que as pessoas vão olhar ao entrar no seu perfil. Então, coloque uma boa foto de perfil, ou seja, com uma resolução adequada e que tenha a ver com o seu negócio e com a imagem que quer passar. 

Outra prática interessante de seguir é descrever na sua bio as informações mais relevantes sobre o seu negócio que você quer que o seu público saiba. Nessa área, vale usar emojis representativos e acrescentar o link para o seu site ou para o seu contato direto, caso faça mais sentido para o seu negócio. 

Aproveite também para uniformizar o seu feed por meio de uma identidade visual que transmita a personalidade do seu negócio, de forma que batam o olho em uma foto e, antes de olhar quem postou, as pessoas saibam que ela veio do seu perfil. 

Vale também organizar os destaques dos seus stories de forma estratégica. Por exemplo, se você é dentista e tem bons depoimentos de seus pacientes, além de publicá-los no feed, deixe-os destacados na sessão que fica logo abaixo da sua bio, de preferência com uma capa e o nome ‘depoimentos’ logo abaixo. 

#03: Aposte na produção de conteúdo

Com as ‘configurações básicas’ realizadas, é hora de definir os seus principais objetivos com a produção de conteúdo dentro do Instagram. Esses objetivos podem ser:

  • Reconhecimento da marca; 
  • Encontrar novos leads; 
  • Atendimento aos clientes; 
  • Formar comunidade; 
  • Compartilhar conquistas e monitorar a concorrência; 
  • Entre outros. 

Com os objetivos definidos, é hora de organizar um esquema mensal de produção de conteúdo, com base no que o seu público-alvo quer ver e no que os seus concorrentes vem fazendo. 

Sobre o formato de conteúdo a ser produzido, devemos destacar que conteúdos em vídeo deixam o feed mais dinâmico e atrativo e tem tido resultados melhores do que os posts estáticos no quesito engajamento. 

Por fim, estimule o compartilhamento dos seus conteúdos. Para o algoritmo do Instagram tornar o seu perfil mais relevante, os compartilhamentos são mais valiosos do que as curtidas. 

#04: Avalie suas métricas 

Depois que fizer suas primeiras publicações no perfil comercial, você passará a ter acesso a métricas que vão te ajudar a produzir conteúdo de forma mais consciente. 

Nessa sessão, analise o real perfil do seu público, a predominância de gênero, idade e região, estude os melhores horários para fazer publicações e os posts que tiveram mais engajamento. 

Nesse sentido, o mais importante para que você siga fazendo bons conteúdos para o seu público, é tentar entender o porquê de determinados posts darem muito resultado e outros não. 

Por exemplo, se você é dentista e seus posts sobre implantes dentários tem tido um bom engajamento, aposte em destrinchar esse assunto em uma série de vídeos. Mas tudo de forma estratégica, sem cansar o seu público ou tornar o seu perfil ‘monotemático’. 

#05: Estude todas as possibilidades

Por fim, como o Instagram é uma rede em constante evolução, o mais importante é que você busque se atualizar cada vez mais sobre as novas possibilidades que a plataforma traz. 

Nesse sentido, vale acompanhar o próprio site do Instagram para Empresas, que traz bons conteúdos e insights para negócios que produzem conteúdo na rede. 

Também existe uma infinidade de cursos sobre o assunto espalhados pela internet e que podem te ajudar a construir um perfil com cada vez mais destaque, mesmo sem o investimento em tráfego pago. 

Além disso, continue consumindo conteúdos de blog como esse para garantir cada vez mais repertório no quesito ‘crescer no Instagram’. 

Aproveite para deixar aqui nos comentários o que mais você quer aprender sobre o Instagram. Quem sabe a sua sugestão não aparece em um próximo post!